Blog

Acessibilidade e SEO: essas duas práticas podem estar conectadas?

Acessibilidade e SEO

As técnicas de SEO são extremamente importantes em um projeto de site ou de e-commerce. Afinal, são essas técnicas que vão garantir um bom posicionamento nos motores de busca e, consequentemente, mais visitas e conversões. 

No entanto, há outro fator que cada vez vem sido mais considerado em um Projeto de SEO – a acessibilidade – isso por impactar diretamente na UX de um grande grupo de usuários. 

Quer saber como as técnicas de SEO e acessibilidade podem ser combinadas para gerar melhores resultados do seu site? Continue lendo este artigo da DGAZ Marketing, A Agência de SEO em SP!

Motivos para apostar nas práticas de acessibilidade junto às técnicas de SEO

Um dos principais objetivos de quem possui um site e deseja ter sucesso nos negócios é aumentar o número de visitantes e aumentar as conversões. 

Todos esses tópicos podem, evidentemente, ser melhorados com a aplicação das Técnicas de SEO e boas práticas de Acessibilidade. 

Vale lembrar que os deficientes também são consumidores em potencial. Portanto, quanto mais exposto seu site estiver nos mecanismos de pesquisa, mais fácil será para esses grupos cheguem ao seu negócio.

Além disso, a conexão entre um bom Projeto de SEO e acessibilidade é uma oportunidade de dominar seu nicho, atendendo a uma comunidade que os concorrentes podem estar ignorando. 

Acessibilidade na pesquisa por voz

No blog da DGAZ, já publicamos um artigo abordando a pesquisa por voz. Neste artigo, explicamos que adultos e adolescentes já se ambientaram com esse formato de pesquisa, que mostra praticidade ao substituir a digitação pela fala. 

Ao passo em que os usuários utilizam mais as pesquisas por voz, os textos de pesquisa se tornaram mais longos. 

Logo, isso também gera impactos na otimização dos sites por voz e até mesmo modifica o formato dos conteúdos oferecidos na web. 

Conteúdo em áudio e Técnicas de SEO

Segundo o portal Search Engine Journal, o Google, maior buscador mundial, já trabalha para oferecer aos usuários opções de conteúdo em áudio. 

Assim, além de receber conteúdos em textos, fotos e vídeos durante a pesquisa, o conteúdo em áudio será mais um recurso disponível em breve. 

De acordo com a ComScore, a previsão é que até 2020 metade das pesquisas orgânicas feitas nos Estados Unidos seja busca por voz (voice search). 

No Brasil, essa realidade não será diferente, haja vista que estudos – feitos pela plataforma de áudio marketing Vooozer – apontam que 83% dos brasileiros não lêem tudo o que desejam (por variados motivos). 

Produção de conteúdo em áudio otimizado

Essa tendência levará à necessidade de produção de conteúdo otimizado em áudio, que se tornará uma prioridade na busca orgânica. 

Afinal, o Google já compreende que a busca por voz promove melhorias na experiência do usuário. Assim, a SERP vai exibir também posts e podcasts com a versão lida por voz humana. 

Para isso, os robôs do mecanismo de busca vão tentar entender sobre o que é cada áudio para poder ranquea-los. Por isso a otimização desse formato conteúdo é fundamental!

Além disso, algumas plataformas já foram lançadas para permitir que os conteúdos de sites sejam transformados em áudio. 

Um exemplo é a Audima, uma solução tecnológica para ler sites em voz alta. O diferencial é que a leitura não tem tom robótico dos leitores de tela tradicionais. 

Agora que você já sabe porque deve ficar atento as Técnicas de SEO e à acessibilidade? Verificou a importância de otimizar conteúdos em áudio além de todo site?

Agora é hora de buscar uma agência especializada que possa te ajudar nesse desafio. Então entre em contato com a DGAZ Marketing e veja como arrasar com um Projeto de SEO!

Nota dos leitores
[Total: 1 Media: 2]

Agência Especializada em Marketing Digital

A DGAZ é uma Agência focada em Marketing Digital. Somos uma Especialistas em SEO e Google Ads Partner Premierou seja toda nossa equipe é certificada pelo Google. Nossa meta é gerar resultados para sua empresa.  Clique no link abaixo e acesse:

Gostou do artigo? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Shopping Basket